NOTÍCIAS

Previsão do tempo

Segunda-feira - João Pesso...

Máx
31ºC
Min
25ºC
Parcialmente Nublado

Biblioteca Chico César recebe crianças e adolescentes para oficina de contação de histórias

A recém inaugurada Biblioteca Chico César, no Laboratório de Inovação Social (LIS), localizado no Centro Integrado da Justiça Social (Cijus), recebeu na segunda-feira (1º) e quinta-feira (4), uma oficina de contação de histórias para crianças e adolescentes. “O objetivo é transformar a biblioteca num ambiente vivo, onde se possa apresentar a crianças e jovens de diferentes idades o nosso espaço e incentivá-los à leitura, apresentando-as os livros que temos e conversando com eles sobre temas como o racismo, educação inclusiva e trabalho infantil. Eles conhecem a biblioteca e ficam sabendo que estamos aqui e que os livros estão disponíveis para eles”, destacou o bibliotecário Josivan Vasconcelos.A servidora Andrezza Ribeiro e a estagiária Dayana Almeida foram as responsáveis por apresentar às crianças da comunidade Quilombola Paratibe e da Associação Recreativa Cultural e Artística (ARCA), da Ilha do Bispo, o livro Amor de Cabelo, de Matthew A. Cherry. De uma forma lúdica e delicada, as crianças foram incentivadas a enxergarem com amor o cabelo natural e entraram em contato com temas como família, amor e racismo. Além disso, foram distribuídas cartilhas com 50 perguntas e respostas sobre o trabalho infantil, desenvolvidas pelo Programa de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à aprendizagem, do TRT-13. “É muito importante que essa biblioteca ganhe vida. É uma biblioteca diferente das outras, com muito autores negros, e isso é muito importante para a construção do pensamento crítico da criança e do adolescente”, afirmou Dayana Almeida.Os grupos de contação de histórias são organizados pelo bibliotecário Josivan Vasconcelos e pela Assessoria de Projetos Sociais e Promoção dos Direitos Humanos (Aspros) com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. A ideia é que toda semana tenha alguma atividade com o público externo para que eles conheçam e possam usufruir do espaço.   Biblioteca Chico CésarCom a presença inspiradora da professora da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e escritora Patrícia Rosas e do presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Lélio Bentes, a biblioteca social, que homenageia o músico, poeta e compositor paraibano Chico César, foi inaugurada com o objetivo de democratizar o conhecimento. O espaço conta com títulos que tratam do empoderamento feminino, raça e gênero, literatura brasileira e internacional, questões sociais, persidade, além de literatura infantil e infantojuvenil.“A Biblioteca Chico César é um espaço público que disponibiliza um acervo até então indisponível para uma população que tem pouco espaço na sociedade. Os leitores terão acesso a obras muito valiosas. A biblioteca tem foco em temas sobre direitos humanos, racismo, literatura brasileira, paraibana e estrangeira. Contamos com livros infantis, juvenis, clássicos persos, literatura de pessoas negras, LGBTQIAP+. Esperamos que a sociedade se sinta representada e abrace esse acervo para que o conhecimento nele presente seja motivo de transformação”, frisou o servidor do TRT-13, Josivan Vasconcelos.Para acessar o acervo da Biblioteca Social Chico César, basta ir ao Centro Integrado da Justiça Social (Cijus), de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h, e procurar o espaço, localizado no Laboratório de Inovação Social (LIS), no primeiro andar. No momento, a leitura dos livros só pode ser realizada no local, que dispõe de mesas, cadeiras e ambiente climatizado e iluminado para maior conforto dos leitores.Renata SantosAssessoria de Comunicação Social TRT-13 
08/07/2024 (00:00)
Visitas no site:  182455
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia